Logo 45 anos final

Dia Mundial da Água

22 de março – Dia Mundial da Água.

Você sabia que este dia foi institucionalizado pela ONU em 1992, visando a conscientização e a preservação desta substância que é vital para o nosso corpo e nosso planeta?

Todos sabemos da importância da água, seja como reguladora da temperatura do corpo, transportadora de substâncias (nutrientes, sais minerais), eliminadora de substâncias (pois faz parte da composição da urina), protetora de algumas estruturas ósseas entre as articulações e, por último, defensora do feto, já que faz parte da composição do líquido amniótico.

Entretanto, neste artigo vamos fazer uma reflexão do uso da água no meio ambiente e nos condomínios.

“Seja a mudança que você deseja ver no mundo”

Neste ano, o tema do Dia Mundial da Água é “Seja a mudança que você deseja ver no mundo”. E qual a intenção? O que se pretende com esse convite?

A campanha adotou como emblema a fábula do beija-flor que apaga o incêndio carregando gotas de água em seu bico. Nela, os animais ficaram rindo e disseram que não tinha como ele apagar todo o fogo. O beija-flor replicou: Estou fazendo aquilo que posso. Ele se torna a mudança que deseja ver no mundo.

Cada atitude sua, não importa quão pequena seja, ajudará a solucionar a crise global da água.

Na Declaração Universal dos Direitos da Água, alguns artigos são convidativos para esta reflexão como:

Art 3º – Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados.

Art. 6º – A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico: precisa-se saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo.

Art. 7º – A água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem envenenada.

Com isso, espera-se que cada um faça sua parte por meio de ações corretas em relação a despejos de entulhos, contenção de resíduos nos mares e rios, descargas de materiais contaminados etc.

O debate deste recurso hídrico deve sempre ser discutido. Afinal cada ano eventos naturais de grande ou pequena escala faz com que reavaliemos o uso da água em nosso cotidiano.

E como está o uso da água no seu condomínio?

Equilíbrio e sustentabilidade são os pontos fortes de uma gestão condominial consciente.

Das dicas abaixo, pergunte-se se alguma está falhando, qual está sendo executada ou quais outras podem ser implementadas:

  • Observe se há vazamentos;
  • Limpe calçadas, garagens e áreas comuns com vassouras;
  • Faça cartazes com lembretes de práticas sustentáveis;
  • Instale torneiras com sensores;
  • Coloque redutores de pressão.

Uma alternativa bastante viável é a implementação de cisternas no condomínio. Dessa maneira, a água captada pela chuva pode ser reaproveitada para o uso de limpeza ou umidificação dos jardins.

Um benefício a ser conquistado com tudo isso é o IPTU Verde, que pode gerar descontos no IPTU de acordo com as ações que o condomínio vem praticando em relação a isso, porém, não são todas as cidades que tem o IPTU Verde. Consulte se sua cidade adotou essa política pública.

Com estas práticas, além de melhorar a questão da sustentabilidade, o financeiro também agradece. Estima-se uma redução de 15% a 35% na conta geral.

As despesas serão menores e, da mesma forma, os recursos naturais serão bem mais bem aproveitados.

Conscientize os moradores de que novos hábitos terão que ser adotados para uma campanha de preservação, desenvolvimento e comprometimento com a natureza.

O futuro é de todos e o presente é o início.

EMPRESAS AMIGAS

Abril de 2021 - Todos Direitos reservados a Convicta Imóveis