Logo 45 anos final

Pronto para brilhar nesse Dia do Zelador?

Sempre que acontece algum problema, ele é o primeiro a aparecer para verificar a melhor providência. Seja um transtorno na garagem, na piscina, na portaria, no elevador ou aonde for, você já sabe a quem procurar. Neste mês de fevereiro, é comemorado o dia dele, do nosso querido zelador.

Todos sabem de sua importância no prédio. Quando ele falta, há um certo desequilíbrio no ecossistema condominial. O síndico fica sem seu braço direito e os colaboradores sem referência.

É ele o responsável pela preservação das áreas comuns e dos pontos “ocultos” aos moradores, contudo no caso de uma falha, a consequência é geral.

É uma função árdua! Pensando bem, não entra só a questão de suas funções (como veremos abaixo), mas precisa dispor de uma inteligência emocional para equilibrar a convivência de todos com todos.

Além da competência, ele deve exercer paciência, escuta, ter boa vontade.

Dia do Zelador

Este dia comemorativo foi determinado pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo que assinou o decreto número 2.131 de 1979 que oficializa o Dia do Zelador em 11 de fevereiro.

Esta homenagem foi feita para valorizar, respeitar e reconhecer sua atuação.

Não há rotina na vida do zelador, cada dia é uma dinâmica diferente e os desafios são constantes.

As principais funções

Se o síndico gerencia o condomínio, o zelador é o supervisor de todas as operações.

É ele que faz alguns serviços e, ainda, orienta e fiscaliza os outros colaboradores, seja da portaria, limpeza ou terceirizados.

Entre suas funções, podemos citar:

  • entregar as correspondências;
  • cuidar das bombas hidráulicas;
  • inspecionar a coleta de lixo e recicláveis;
  • apoiar o síndico nas tarefas administrativas;
  • zelar pelos produtos e materiais de limpeza;
  • orientar os moradores quanto às regras de convivência;
  • inspecionar as áreas comuns e exclusivas do condomínio;
  • fazer cumprir as normas de acordo com o regimento interno.

Um bom zelador tem de ser um profissional bem-preparado e capacitado.

Necessita compor noções de hidráulica, elétrica e alvenaria.

A relação com o síndico

Zelador e síndico devem ter uma afinidade intensa.

O método de trabalho e as cobranças precisam estar dentro da linha de pensamento dos dois guardiães do condomínio

Por isso, um checklist de manutenção e observação periódica é inevitável. Há tarefas diárias para serem feitas, assim como semanais e mensais. A manutenção preventiva neste caso, colabora muito para a saúde do condomínio.

Quando acontece alguma ocorrência, o zelador já deve conhecer os protocolos iniciais, o modo de resolver, e na impossibilidade ou dúvida, chamar o síndico.

No momento em que os dois trabalham juntos, com certeza há uma maior harmonia e paz no ambiente e todos os condôminos ficarão mais tranquilos e seguros.

Percebeu como é essencial ter a pessoa do zelador em seu prédio?!

Aliás, atualmente há a função do gerente predial, que na verdade é um zelador com mais atribuições.

Sendo assim, justa a homenagem para ele, não é verdade?

Parabenize seu zelador, com certeza ele merece!

EMPRESAS AMIGAS

Abril de 2021 - Todos Direitos reservados a Convicta Imóveis